25 de jan de 2012

Na vida não se complica , só se acerta...eu acho.

Bom a história é longa , mas ate  divertida , senta que te conto...
Um dia resolvemos que morar no campo seria lindo, casinha com quintal , jardim com flores lindinhas , churrasqueira para finais de semana com amigos e assim vai se sonhando  e imaginando que o final do arco-iris é logo ali...POREM, não foi bem assim.
A casa é lindinha de manhã mas a noite você descobre que tem uns barulhinhos  esquisitos que não esta acostumada porque a vida toda morou em um apartamento  que tem segurança 24 horas , a janela fica lá em cima e pode esquecer de fecha-la a noite que ninguém vai entrar por ali e assim começou o meu pesadelo.
O jardim lindinho, mas que droga de matinho é esse que nasce no meio das minhas flores coloridas que cresce que nem louco e eu não venço tira-lo, e esses bichinhos que comem minhas margaridas como se fosse macarronada, e  ¨toca¨ eu fazer um chá de fumo de rolo, ninguém conseguiu ficar dentro de casa nesse dia , se era para espantar todo mundo pelo mal cheiro, porque não me avisou eu fazia o tal chá do lado das margaridas, espantaria até as minhocas ..aquilo não cheira..FEDE , aff!!!
A churrasqueira é legal mas quando termina tudo , ui! tem de limpar , pense em alguém que nunca se preocupou com isso, no prédio era só tirar os pratos, copos etc.. e como um passe de mágica tudo ficava limpinho, a turma da limpeza era uma belezinha, preciso lembrar de dar um abraço de agradecimento para eles, preciso sim !
E nessas e aquelas atrapalhadas resolvemos que a praia  ERA NOSSO SONHO DOURADO, pronto arrumamos tudinho novamente e voltamos , agora estamos aqui de mala e cuia e uma montanha de caixas , que agora estão devidamente vazias e arrumadas.
Nessas idas e vindas sumi da vida de blogueira, arruma tudo, desarruma , arruma novamente ou seja se precisar de dicas de mudança fale comigo , virei expert..rs
Agora estou voltando , morrendo de saudades de todo mundo ,os recadinhos acumulados, vou devagar colocando em dia, prometo, fiz algumas mudanças aqui em casa , vou mostrar para vocês devagarinho para não enjoar.
Não foi esse exagero todo reconheço, mas realmente descobrimos aquela velha citação é bem verdadeira ¨SÓ DAMOS O VERDADEIRO VALOR DAS COISAS QUANDO PERDEMOS ¨ , pois é , meu cantinho é aqui , o meu pedacinho do céu....

.

Tânia Silvia

39 comentários:

Andreia disse...

Oi Tânia,

Achei divertido seu relato :)
Acho que é bem assim mesmo. Imaginamos uma coisa...idealizamos e nem paramos para pensar que no mundo cor de rosa, nem tudo é tão rosa...hehe
Eu mesma, vivo dizendo que queria morar em uma fazenda/sítio/chácara isolada.
Mas é só entrar um inseto pela janela do ap pra eu me desesperar.
Imagina se fosse num sítio então!?
hehe
Seu relato prova que realmente só damos valor ao que perdemos...rs
Beijo,

Deia

Carol disse...

Oi Tânia. Já estava até preocupada com seu sumiço. Que bom que está tudo bem contigo.
Então... marido e eu já pensamos em nos mudar para um sítio perto da cidade, mas lendo tudo aqui acabo de desistir, não aguento mato o tempo crescendo em volta da casa e para manter tudo em ordem ou tem que trabalhar MUITO, ou seja, o tempo inteiro, ou ter rios de dinheiro para pagar alguém para ter tudo em ordem. Vou ficar na cidade mesmo, perto da civilização rs.
Beijos

Cíntia A. S. Sevaux disse...

olá Tânia, de vez em quando passava por aqui e me perguntava o q teria acontecido com vocês... fico feliz que agora se ajeitaram de vez e está tudo bem...gosto muito de suas invenções e novidades... fico feliz que esteja de volta!!!bjinhos!!!

Juliane disse...

Tânia,
Que ótimo que voltastes! A vida é assim mesmo, devemos ir e voltar quantas vezes forem necessárias. O importante é ser feliz!
Beijos e um ótimo retorno!
Ju

Sandra Lima disse...

kkkkk Eu vivo dizendo que morar no campo (ou em cidade pequena) não é uma maravilha!!!
Felicidades na casa nova!
Beijos

Márcia disse...

Bom retorno!!! Que tudo se ajeite da melhor forma possivel!!!

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Taninha

Sua postagem ficou emocionante, todos temos sonhos, e as vezes temos que embarcar neles pra aprender.
aqui marido quer vender a casa pra gente mudar para apartamento. Eu quero se for o caso um bacaninha, com uma varanda legal, então teria que vende-la mesmo. A casa precisa de uma pintura e alguns pedidinhos meus que marido não anda atendendo, no fundo acho que ele sabe que se melhorar eu desisto de sair daqui.
Aqui tenho segurança, mas ele acha que predio sera´ maior ainda, quer chegar e ver tudo certinho, não se preocupar com grama e piscina. Ele diz que todos que mudaram pra um bom apartamento não se arrependem.
Vou deixar o destino nos levar, o que é nosso e arriscar pra ver as futuras surpresas. As fotos foram pra imobiliária esta semana, vamos ver o que acontece...rs
depois vou mostra a tua postagem pra ele e ela irá dizer viu como tenho razão?

seja muito bem vinda!!!!!!
bjus

Denise V. Soares disse...

Que bom que esta de volta, ja estava fazendo falta...bjs

Andréa disse...

Tânia do céu!
1° qdo vc falou que ia para o campo, logo pensei, que legal, mas e toda aquela trabalheira que vc teve para arrumar seu ap. todo aquele carinho em decorar cada cantinho, meu Deus, pensei... ela ficou doida!rsrs
Mas tinha certeza que aonde vc estivesse seu cantinho sempre seria lindo e tratado com muito carinho e fiquei todo esse tempo esperando uma postagem do cantinho novo, que não apareceu, mas agora entendi, vc não estava feliz.
2° Moro como vc morou, moro na serra é mato daqui, arvores dali e minha gde preocupação qdo eu vim p/ cá era... tudo bem a casa é fofa e vou poder tirar muitas fotos p/ blogar, mas e a noite...que medo, no começo o silencio me assustou, hoje estou bem mais acostomada e adoro morar aqui, mas vou ser sincera sinto falta de toda a barulheira que tinha onde eu morava antes e de poder dormir também com as janelas abertas nos dias quentes, aqui já não dá... se eu fizer isso os musquitos nos comem e os gambas invadem minha casa...rs
Seja bem vinda novamente e espero muitas surpresas de postagem...amei ter vc de volta..
bjs, muitos bjs.
Andréa

Karina disse...

Tânia...
Saudade de você! Bom te-la de volta.
Beijos

Tão Moderna disse...

Amei o seu texto, me diverti muito lendo e já estou encaminhando pra algumas pessoas que eu sempre ouço dizer que quer morar numa casinha no meio do nada, rs! Você tem toda razão, só damos valor ao que não temos. Beijos!!!

CLADIMAR disse...

Nossa, pensei que nunca mais te veria no mundo dos blogs! Senti muita sua falta por aqui. A vida é mesmo a melhor escola, não é mesmo Tânia? Mas o melhor é que podemos escolher quase tudo que queremos viver e isso nos permite ir e voltar por mais que isso seja difícil para nós. Eu adorei sua volta e vou curtir muito ver as mudanças que você fez em seu cantinho de frente pro mar. Beijos.

Monalisa Melo (Entre, a casa é minha ) disse...

Oi Tania... senti muito a sua falta, afinal foi quase um ano, me lembro pois acompanho sempre seu blog e desde maio do ano passado vc deu um tempo neh?
Poxa eu estava até animada, a avó do meu marido mora em Ourinhos, (vai que qualquer dia desses a gente se encontrava por lá) Não gostou do calor da cidade? Aff, eu passo mal com tanto calor.
Bom independente do quer que seja, vc tentou, tá cheia de histórias pra nos contar, então vou ficar aqui esperando suas novidades. Adoro seu blog viu. Beijos e tudo de bom!

Anônimo disse...

Que bom que vc voltou pra blogosfera!

Anônimo disse...

Ah!que saudades voltou o pedacinho do céu.

*~* Coisas da Bruxinha *~* disse...

Tania, pois seja muito bem vinda hehehe, eu acho que tb não ia me sentir segura no meio do mato kkkk. Mas eu senti saudades de vcs , das suas lindas postagens e estou feliz que tenha voltado, afinal essa sua visão do mar é bemmmmmm melhor, rssssss.

Beijocas
Leila

Geninha disse...

hahahaha acontece!

Bjs!

deiafofa disse...

OI!!!
Tava com saudades de te ler.Bom retorno !!!!
BEIJOS GORDOS
Déia

Anônimo disse...

Que bom que você voltou ,senti sua falta ,conheço essa historia de casa de campo ,tivemos uma por mais de 20 anos ,um dia resolvemos morar para sempre ,ficamos seis meses e vendemos rsrsrsrs Bom retorno!!!
Merces

vida disse...

Seja bem vinda novamente, estava fazendo falta na globosfera,mudanças são boas mas não tão radicais,bjssssss

Andrea Cristiane disse...

Nossa eu até estranhei seu sumiço, que bom que voltou. bjos

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Ai que bacana!!!
Que bom que voltou, vc e suas tanices fazem falta rsrs.
Beijinhos flor.

Flores e Luz.

Zuleide Felisberto disse...

realmente estava sumida!! mas é isso mesmo eu tb morava em pato fui p/ casa, todo mes tem chamar um senhor p/ cortar tira mato que cresce, tem umas formigas nojentas que derma comer minhas flores principalmente rosas!! kkkk..mas tem lado bom, domingo abro janelas e ligo som, vem um monte passarinho cantar perto da minha janela...a roupa seca no sol..tem os prós e os contras como tudo na vida...bj

Iris Barcelos disse...

Que felicidade ter vc de volta....mas na vida tudo é aprendizado!Seja bem vinda novamente nesse mundo bloguístico.Beijos.

Virginia lucia domingues disse...

Oi. Tania... pois é assim mesmo, comigo foi bem parecido... morava em uma pequena cidade de montanha, muito linda embora com poucos recursos, mas muito procurada por turistas... ha... mas já estava cansada "daquele lindo parque", onde eu podia caminhar entre as arvores e jardins floridos todo o ano e ainda de quebra, pedalar e remar no lago...resolvi alugar uma casa na praia para curtir o mar e o sol...foi "uma loucura",tudo é longe e dificil. descobri que ficar na areia pegando um sol é por demais enjoado, pois não gosto de ficar sem fazer nada, enfim estou voltando para a minha casinha que graças a Deus, não vendi.... mas é como vc disse.. só damos o valor quando perdemos.. desejo que vc curta a volta e seja muito feliz no seu apartamento.... um abraço carinhoso.

FatimaVilaNova disse...

Oi Tania que bom que vc voltou!!!!!Sempre acompanhei seu blog, nunca tinha comentado,mas estava sentindo falta...Realmente precisamos perder algo para dar valor... Mas com amor vc vai reconquistar tudo...Boa sorte!

dollystar disse...

Tania, feliz regresso!
Acompanhei esse seu relato exatamente igual ao que vivi por oito longos anos com uma única diferença, encarei tudo sozinha, num estado que não era o meu e com meus familiares a 3.000kms de distancia. Não restam dúvidas quanto à qualidade de vida porém acho que quando se tem 25/30 anos, a adaptação se torna mais fácil.
Bem, de qualquer sorte você conseguiu fazer meia volta e mais importante, teu ninho não havia sido desfeito. Assim, agora é se organizar, respirar fundo e recomeçar.
Estamos aqui aguardando suas hiper dicas de decoração e transformações para continuar aplaudindo a grande mulher que és.
BJs Dolly

Essa sou eu disse...

Lendo seu post fui percebendo que a vida é assim mesmo, idealizamos as coisas pensando apenas no sonho de se viver bem e esquecemos que nem tudo são flores...rs
Que bom que você já está aonde gosta e bem.
Beijo:)
Janice

Eliene Vila Nova disse...

Mana que saudadessssssssssss
pensei que você tivesse se perdido lá pro mato
você me fez uma falta
saudades de nossas conversas
e tenho novidades
você vai ser tia
esperando um menino que nascerá agora inicio de fevereiro
aparece no msn
meu amor continua o mesmo
beijos
bem vinda de volta ao seu pedacinho do céu

Ana Carla Benet disse...

Seja bem-vinda e não suma mais! rsrsrs

Bjo

Mona Gouvea disse...

Que bom que voltou,la não tinha nem internet?Tania senti sua falta,mas como voce prometeu mandar noticias figuei espeando.Campo é lindo,mas para passear.Não temos mão de obra,temos serviço o dia todo,sei como é amiga.O ultimo dia que estive lá foi dia 06 de novembro,tirei umas férias,mas eu amo muito tudo,mas que cansa cansa,bjo grande e seja bem vinda.

Luiza Mallmann disse...

Olha, tudo na vida tem um lado bom e ruim. E é fato que na hora da empolgação vemos apenas um lado, o que nos é conveniente. Armadilhas do cérebro! Fazer o que... rs! O negócio é se preparar para o lado ruim pensando em tudo antes da mudança, pra ver se o problema (o querer mudar) não é nosso íntimo inquieto! Um pouco d reflexão sobre nossos sonhos, desejos pra encontrar respostas pode ser bem providencial! Boa sorte na praia!

Bjs

Luiza Mallmann
decorarsustentavel.blogspot.com

Ana Maria disse...

Oi linda! Que legal que voltou para a globosfera "blogsfera"!!!KKKK. nesse tempo todo fez muita falta, já estava acostumada visitá la diariamente em busca de tanta criatividade e beleza. Me apaixonei e me viciei por conta do seu blog, pois foi um dos primeiros que conheci. Seja bem vinda novamente...

Bjs.

Taia Assunção disse...

Seja bem vinda, passei muitas vezes aqui para ter notícias sua. Também nos mudamos, quer dizer, mudamos os filhotes. De Minas para o ES, apesar das dificuldades iniciais tem sido legal. Ficarei no Brasil até final de março para que eles se adaptem completamente. Beijocas e felicidades no seu Pedacinho do Céu.

LITA disse...

Seja bem vinda novamente ao nosso espaço gostoso. Juro que morri de rir com seu relato. É que moro em casa e mesmo não sendo sítio é mais ou menos assim mesmo. Agora estou treinando para morar num ap.
Beijos
Lita

Márcia Costa. disse...

Oi Tânia,

Já te visito há algum tempo e estou te seguindo. Adoro o seu blog e acho que você tem muito bom gosto. Percebi que sumiu, sempre olhava e nada de vc aparecer, hoje finalmente vi que voltou. Fiquei feliz, pois estava com saudades de ver coisas bonitas da sua casinha.
Bjs
http://apartamentobaiano.blogspot.
com

Regina disse...

Tânia, eu não sabia q tinha voltado. De vez em qdo eu passava por aqui e nada de você.

Sabe o q eu gosto dessa estória toda? É que vocês põe o medo de lado e vão atrás de seus sonhos, não desistindo de encontrá-lo e sem medo de recomeçar.

Vou passear pelas suas postagens q perdi, mas antes quero dizer que essa semana pensei em você em como você muda a cara de sua cozinha com imaginação e bom humor. Tenho um forninho q ainda funciona muito bem, mas está com a aparência bem feinha, pensei em fazer como você, pintá-lo e com muitas bolinhas, mas não estou certa q vai funcionar pq ele esquenta muito. Mas vou pesquisar.

Anônimo disse...

Oi Tânia.
Lendo seu relato, lembrei de quando eu desejar morar sozinha, dizia que ia ser maravilhoso, hoje vivo a síndrome do ninho vazio... Não é bem aquilo que imaginei...
Incrível como aprendemos a gostar das pessoas sem nunca ter visto pessoalmente...Passava aqui todas as manhãs e vc sumida, dava uma saudade, que bom que vc voltou...
Ana

O Amor Ainda é Artesanal disse...

Tãnia estou encantada com seu blog e tua leveza.
Pessoas como você,inspiram-nos.
Paz e bem.
Elaine.